segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Tarte Tartin de massa folhada

Estava a dever esta receita à Eli, que a pediu assim que viu es fotos no Cordonbleu. Além disso estamos a começar por receitas fáceis, que podem ser bem rápidas de fazer no dia-a-dia e nada complicadas.

Começa agora o Outono e para mim esta estação estará sempre associada ao perfume das macieiras do meu quintal e o aroma que se espalha pela casa sempre que fazemos a sobremesa semanal de maçãs assadas. O aroma a canela, mel, vinho do porto e maçãs é "aquele" cheiro a casa!!
A receita original desta tarte (Tarte Tartin) não contempla a massa folhada, mas sim uma massa mais pesada embora igualmente fina e crocante.
Tal como quase todas as receitas que faço, nunca sigo os passos da receita original e esta está adaptada para ser fácil, mais rápida e fazer um brilharete como sobremesa de um jantar improvisado!
Atenção: deve ser servida morna e acompanhada com uma bola de gelado de nata ou baunilha. (Este básico nunca falta no congelador da Cordonbleu, dá sempre para incrementar e ficar bem em qualquer situação doce...lol)


uma folha de massa folhada fresca
6 ou 7 maçãs médias
250 a 300g de açucar (depende se as maçãs são mais ou menos ácidas)
180/200g de margarina
canela q.b (eu uso bastante, cerca de uma colher de sopa bem cheia na totalidade)

1. Descascar as maçãs, retirar o caroço e fatiar bem fininhas.
2. Numa forma redonda, de 24 cm aproximadamente, colocar umas 5 nozes de margarina pequenas, polvilhar com um terço do açucar e com uma pitada de canela.
3. Distribuir as fatias de maçã, partindo do centro para a periferia, tendo o cuidado de deixar uma margen de 1,5 cm ao redor de toda a forma sem maçãs.
4. Polvilhar com a restante canela, com o açucar e distribuir a margarina.
5. Colocar a massa por cima e junto à forna, no local onde não colocamos maçã, pressionar a massa contra a base.
6. Com um garfo, picotar ligeiramente a massa.
7. Levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC/200ºC durante 20 min ou até a massa ficar tostadinha e a calda que entretanto se formou ter caramelizado.
8. Assim que tirar a tarte do forno, voltar a tarte para um prato. Servir morna acompanhada por uma bola de gelado de nata...hummmmm.

Bon apetit!

4 comentários:

mi disse...

eu adoro tartes de maçã e esta receita parece tão simples que vou experimentar este fim-de-semana!

Cordonbleu disse...

Mi:
Sim, realmente é muito simples e resulta tão bem, fica mesmo deliciosa!!

eli disse...

ah, finalmente já tenho a receita :D agora é experimentar. *

Cordonbleu disse...

Eli: Que tal? Ficou boa??